quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Fim do confisco: veja como ficam os descontos previdenciários até 1º de janeiro

No último dia 4, foi sancionado o PLC (Projeto de Lei Complementar) nº 43/2022, convertido na LC (Lei Complementar) nº 1.380/2022, que pôs fim ao desconto previdenciário adicional de aposentados e pensionistas do estado. A medida beneficia contribuintes que ganham até o teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), hoje no valor de R$ 7.087,22, a partir de 1º de janeiro de 2023.

Os aposentados e pensionistas que recebem acima do teto (R$ 7.087,22) contribuirão normalmente.

Com base na última atualização da São Paulo Previdência (SPPrev), até 1º de janeiro do ano que vem os descontos seguirão as seguintes faixas de contribuição:

— 11% para quem ganha até um salário mínimo — R$ 1.212;

— 12% para quem ganha entre R$ 1.212,01 e R$ 3.473,74;

— 14% para quem ganha entre R$ 3.473,75 e R$ 7.087,22;

— 16% para quem ganha mais de R$ 7.087,22.

Veja a tabela de cálculo a partir do teto atual (que será atualizado em 1º de janeiro de 2023):

fonte: Afpesp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em alguns instantes!