quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

PARABÉNS AO EXTENSIONISTA RURAL

Prezados Senhores:

Os fatos de nossa existência parecem todos terem uma lógica injustificada e, quando a percebemos, podemos refletir sobre seu verdadeiro significado.

Digo isso porque, durante o mês de dezembro, nós cristãos e católicos, festejamos a natividade de Jesus Cristo, festa que tem seu ápice na comemoração do Natal. Nesse caso adotou-se o mês de dezembro a partir do hemisfério norte, numa época propicia à celebração da colheita das safras, a exemplo das festas juninas do nosso Brasil.

Também nesse mês, coincidindo com o início dessas festividades, comemora-se o dia do EXTENSIONISTA RURAL no próximo dia 6.

Ora, toda a pregação de Jesus se deu para os pobres e humildes, sempre usando exemplos do cotidiano da vida dessa população. Já naquele tempo, nessas comunidades, a agricultura e a pecuária eram praticadas de forma mais intensiva, com a semeadura, tratos culturais e colheita de cereais; o cultivo da figueira e de hortaliças; o cultivo da videira, com suas podas e tratos; e a criação de animais como bois, ovelhas e porcos...

Através de suas parábolas ilustradas por boas e más técnicas agropecuárias, dava a seu povo a verdadeira dimensão do Reino que Ele pregava, portando-se desde então como um verdadeiro extensionista rural, pois a base de seu ensinamento era o cuidado constante, a eliminação das pragas, a semeadura correta, a colheita na época adequada e o bom uso dos produtos. Mostrava ainda que a obediência a esses preceitos ocasionava colheitas fartas e bom lucro aos produtores.

Passados cerca de dois mil anos e estamos hoje aqui reunidos para mais uma festa homenageando o trabalho dessa verdadeira legião de abnegados, que fazem da extensão rural o seu ganha pão, a razão de sua existência. Humildes como o povo a quem servem, a exemplo de Jesus, pois não há extensionista rico e nem poderoso. Há apenas o trabalhador.

Miremos o exemplo daquele que pregou a paz, a fraternidade e o amor para continuarmos o nosso apostolado em prol da agropecuária paulista e de seu principal ator: o AGRICULTOR.

Parabéns a todos os extensionistas rurais e, em especial, aos ASSISTENTES AGROPECUÁRIOS!


ALESP, 4 de dezembro de 2017


Engº Agrº Victor Branco de Araujo
AGROESP - Presidente

3 comentários:

  1. Pessoal será este uma luz no fim do túnel? DECRETO Nº 63.033,
    DE 7 DE DEZEMBRO DE 2017 - Organiza a Comissão de Política Salarial e dá
    outras providências

    ResponderExcluir
  2. Essa Comissão de Politica Salarial existe a tempos, ou seja, não influencia em nada. Infelizmente tudo ma mesma !!!

    ResponderExcluir
  3. Não. Criada somente para que as solicitações e ou reivindicações não cheguem de fato até o governo.

    ResponderExcluir