terça-feira, 22 de novembro de 2022

Concurso Público

A Presidente da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), torna público o Edital de Abertura das Inscrições e a realização do Concurso Público para provimento de vagas existentes e formação de Cadastro de Reserva de aprovados para vagas que vierem a ser criadas no prazo de validade do presente Concurso Público, que será regido pela legislação em vigor e pelas disposições do presente Edital.
Abertura das Inscrições - 22.11.2022 - 16 horas

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Fim do confisco: veja como ficam os descontos previdenciários até 1º de janeiro

No último dia 4, foi sancionado o PLC (Projeto de Lei Complementar) nº 43/2022, convertido na LC (Lei Complementar) nº 1.380/2022, que pôs fim ao desconto previdenciário adicional de aposentados e pensionistas do estado. A medida beneficia contribuintes que ganham até o teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), hoje no valor de R$ 7.087,22, a partir de 1º de janeiro de 2023.

Os aposentados e pensionistas que recebem acima do teto (R$ 7.087,22) contribuirão normalmente.

Com base na última atualização da São Paulo Previdência (SPPrev), até 1º de janeiro do ano que vem os descontos seguirão as seguintes faixas de contribuição:

— 11% para quem ganha até um salário mínimo — R$ 1.212;

— 12% para quem ganha entre R$ 1.212,01 e R$ 3.473,74;

— 14% para quem ganha entre R$ 3.473,75 e R$ 7.087,22;

— 16% para quem ganha mais de R$ 7.087,22.

Veja a tabela de cálculo a partir do teto atual (que será atualizado em 1º de janeiro de 2023):

fonte: Afpesp

segunda-feira, 7 de novembro de 2022

Agricultura brasileira: produzindo um país melhor para todos

De acordo com o Relatório Perspectivas da População Mundial 2022, da Organização das Nações Unidas (ONU), o mundo pode chegar a 10 bilhões de pessoas em 2050.

Produzir alimentos suficientes para abastecer essa população, a adoção de uma agricultura inovadora, sustentável e de altíssima qualidade vem se tornando cada vez mais relevante.

E o agronegócio brasileiro, atento a essa demanda, já vem implementando no campo a tecnologia e expertise necessárias para aumentar a produtividade do campo.

Em 1977, o País produziu cerca de 46 milhões de toneladas de grãos, segundo informações da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). As projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indicam que a safra 22/23 produzirá um volume recorde de 312 milhões de toneladas.

Sim, em menos de 50 anos, o país deixou de a posição de importador de alimentos e se tornou um dos maiores exportadores de commodities agrícolas.


Inovação no campo

O crescimento expressivo é resultado do investimento em inovações tecnológicas, intensificado a partir da década de 1970, quando novas técnicas de cultivo permitiram a produção de duas safras dentro do mesmo ano, um fenômeno até então extremamente raro no cenário mundial.

Na década de 1990, o uso dos transgênicos aumentou a resistência e durabilidade das sementes, mesmo diante de ambientes desafiadores, como A falta ou excesso e água, e representou mais um avanço em direção ao aumento da produtividade.

Já no início dos anos 2000, a agricultura de precisão levou ao aumento da produção com maior eficiência e sustentabilidade dos recursos econômicos e ambientais. Através de tecnologias avançadas e do processo de coleta e análise de dados das áreas são identificadas as condições ideais para o cultivo das principais culturas agrícolas, contribuindo para uma tomada de decisão mais assertiva. Ou seja, a agricultura de precisão vem ajudando a assegurar condições ideais à lavoura, seja por meio de monitoramento e combate de pragas, aplicação de defensivos, irrigação e entre outros.


Sustentabilidade no meio rural

A agricultura sustentável é aquela que investe na produtividade, mas não abre mão do respeito ao meio ambiente, da justiça social e da viabilidade econômica. Mas, o caminho para atingir o equilíbrio dessa balança e a harmonia entre natureza a produção passa pelo desenvolvimento de tecnologias de ponta e de práticas de manejo sustentáveis que permitam ao setor agrícola mitigar seus impactos negativos.

Quanto ao uso racional da água, por exemplo, o setor vem adotando sistemas de gestão mais eficientes que, adaptados às variações climáticas e às circunstâncias específicas do local, otimizam o recurso utilizado e, ao mesmo tempo, aumentam os rendimentos do volume captado.

Já em relação ao solo, o modelo de agricultura sustentável investe na preservação das suas boas condições, através de sistemas de irrigação e drenagem e da rotação de culturas, para evitar a erosão, um problema que prejudica a capacidade agrícola.

Outro importante movimento na agricultura sustentável do Brasil é o uso do biocombustível, uma fonte de energia renovável e menos poluente, que usada no abastecimento de maquinas e veículos têm ajudado na mitigação das emissões de CO2.

Ainda em atenção à emissão de carbono causada pelas queimadas, degradação do solo, e drenagem de pântanos, entre outros fatores, a agricultura de baixo carbono tem adotado práticas como o sistema de plantio direto, a recuperação de áreas degradadas, a integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) e a rotação de culturas, que além de reduzir a perda de CO2 para atmosfera, ainda capturam esse gás e o incorporam ao solo.


Profissionais da agronomia: os parceiros do produtor rural

Para atender as demandas do agronegócio, equilibrar o aumento da produtividade no campo e a redução dos impactos ambientais, o setor conta com a expertise de engenheiros agrônomos, florestais, agrícolas, de pesca, meteorologistas e aquicultores.

Com profundo conhecimento da parte técnica e conectados com as principais tendências tanto na área de tecnologia como de negócio, em si, esses profissionais atuam como agentes de desenvolvimento, buscando o alinhamento com as demandas do mercado. Com foco na gestão e em estratégias, mas sem deixar de olhar para as carências do campo, eles interagem com todos os elos da cadeia produtiva e oferecem mais segurança nas tomadas de decisão.

Do planejamento até a execução dos serviços relativos à produção e exploração dos recursos naturais, os profissionais da agronomia são os parceiros do produtor rural para uma tomada de decisão mais assertiva.

Sim, a agronomia faz parte do dia a dia de todas as pessoas, fazendo da produção agrícola uma das maiores riquezas do Brasil. E para orientar, fiscalizar e aprimorar o exercício ético e legal desses profissionais estão o Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, o Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) e a Mútua, a Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas. Com o apoio dessas entidades eles transformam a agricultura em fonte de alimentos, inovação e sustentabilidade, e impactam o desenvolvimento de todo o país.

Fonte: CNNBRASIL

sexta-feira, 4 de novembro de 2022

SP sanciona lei que extingue desconto de aposentados e pensionistas abaixo do teto

O governador Rodrigo Garcia sancionou hoje (4) a lei, aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), que revoga a contribuição previdenciária de servidores aposentados e pensionistas do Estado que ganham até R$ 7.087,22, teto salarial do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

“A Alesp aprovou por unanimidade o fim dos descontos dos funcionários públicos que ganham abaixo do teto do INSS. Eu sanciono este projeto, que vale a partir de 1º de janeiro. Em 2019, São Paulo aprovou uma nova regra previdenciária que está valendo, e apenas o que não existe mais nessa regra é o desconto de quem ganha abaixo do teto. Para o restante, continua valendo a nova previdência do Estado de SP”, explicou Rodrigo Garcia.

Cerca de 420 mil beneficiários, incluindo aposentados e pensionistas civis, serão contemplados a partir de janeiro de 2023. Os descontos continuarão vigentes apenas para servidores e pensionistas que recebem acima do teto.

Com o espaço fiscal para a reforma, a medida, somando todas as esferas, poderes, autarquias e universidades, terá impacto de cerca de R$ 2 bilhões anualmente.

Fonte: Portal do Governo de SP

quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Governo de SP: veja o que os principais candidatos propõem para o agro

O Canal Rural ouviu os três primeiros candidatos ao cargo de governador em São Paulo, apontados pela mais recente pesquisa Datafolha: Fernando Haddad, Tarcísio de Freitas e Rodrigo Garcia

CLIQUE NO NOME DO CANDIDATO PARA ASSISTIR O VÍDEO 



Moção publicada no Diário Oficial do Estado de SP

19 - Moção nº 205, de 2022, de autoria do deputado Castello Branco. 

Aplaude a equipe da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) pelos serviços prestados ao Agronegócio
Paulista, principalmente nas ações de combate e prevenção da raiva em herbívoros, gerenciado pelo médico veterinário Guilherme Shin Iwamoto, do Departamento de Defesa Sanitária e Inspeção Animal.

Moção publicada no D.O.E dia 19 de agosto de 2022

Parabéns para a equipe da CDA

Promoção por antiguidade

sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Atenção: Realize o Censo Previdenciário 2022

Ao longo de 2022, todos os beneficiários da São Paulo Previdência deverão realizar o Censo Previdenciário 2022, conforme Portaria SPPREV nº 236, de 16 de novembro de 2021. O procedimento é obrigatório, sob pena de suspensão do benefício, e ocorre em duas etapas distintas.


Primeira etapa

A primeira etapa é a Atualização Cadastral Online. Nessa fase, os inativos e pensionistas atualizarão seus dados junto à SPPREV, o que poderá ser feito de dois modos: pelo site da SPPREV, canal Serviços Online aos Beneficiários, ou pelo aplicativo da autarquia para smartphones (observação: deve-se verificar se o aplicativo está devidamente atualizado para a última versão disponível). Em ambos os casos, é necessário acessar com login e senha. Para reiniciar a senha, o beneficiário pode clicar na opção “Esqueci a senha” ou entrar em contato com o Teleatendimento (0800 777 7738 - para ligações gratuitas de telefones fixos, e (11) 2810-7050 - para ligações tarifadas de celulares). Após concluir a Atualização Cadastral, o sistema emitirá um comprovante, que poderá ser salvo e impresso pelo beneficiário.

Segunda etapa

Após atualizar os dados, a segunda etapa é o recadastramento (prova de vida), que já é realizado anualmente por todos os beneficiários. O procedimento deve ser realizado no mês de aniversário do inativo ou pensionista, exceto no caso de pensionistas universitários, que devem se recadastrar semestralmente, nos meses de janeiro e julho.

Para se recadastrar, os beneficiários podem se dirigir a qualquer agência do Banco do Brasil ou unidade da SPPREV (mediante agendamento prévio). Deve ser apresentado documento oficial de identificação com foto (exemplo: RG, RNE, Carteira Nacional de Habilitação - CNH, Carteira de Trabalho - CTPS, passaporte, entre outros). A SPPREV somente aceitará documentos que permitam a identificação visual do beneficiário. 

Será considerado recenseado no ano de 2022 o beneficiário que realizar as duas etapas do Censo Previdenciário. O beneficiário que realizar apenas uma das etapas, independentemente de qual seja, também estará sujeito à suspensão do benefício.

Ressaltamos que o Censo Previdenciário deve ser realizado apenas pelos aposentados que recebem pela SPPREV. Aposentados das universidades, da Assembleia Legislativa, do Ministério Público, do Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas não precisam realizar o procedimento.

quarta-feira, 15 de junho de 2022

CAMPANHA SALARIAL

“Somos 850 profissionais de nível universitário (engenheiros agrônomos, médicos veterinários e zootecnistas, entre outros) que integram a Associação dos Assistentes Agropecuários do Estado de São Paulo (AGROESP). Levamos conhecimento científico, tecnológico e assistência técnica ao produtor rural paulista. É isso que fortalece a agricultura, a pecuária, a aquicultura e a silvicultura do estado mais rico do Brasil, contribui para a sustentabilidade ambiental e para a segurança alimentar da população. Somos a AGROESP, em defesa da assistência agropecuária paulista.” #saopaulo #agro #agropecuaria #estadodesaopaulo #agroesp #assistenciaagropecuaria



Qualidade certificada e sanidade: garantia de vida humana saudável. AGROESP: em defesa do agro paulista.


Defesa agropecuária em relação direta com a vida do cidadão! Valorize o Assistente Agropecuário.



domingo, 12 de junho de 2022

CAMPANHA SALARIAL

“Somos 850 profissionais de nível universitário (engenheiros agrônomos, médicos veterinários e zootecnistas, entre outros) que integram a Associação dos Assistentes Agropecuários do Estado de São Paulo (AGROESP). Levamos conhecimento científico, tecnológico e assistência técnica ao produtor rural paulista. É isso que fortalece a agricultura, a pecuária, a aquicultura e a silvicultura do estado mais rico do Brasil, contribui para a sustentabilidade ambiental e para a segurança alimentar da população. Somos a AGROESP, em defesa da assistência agropecuária paulista.” #saopaulo #agro #agropecuaria #estadodesaopaulo #agroesp #assistenciaagropecuaria



Já se alimentou hoje? Agradeça ao produtor rural que recebe a Assistência Agropecuária. AGROESP: em defesa da agricultura e da pecuária paulistas.



Valorizar o agro é importante. Valorizar a Assistência Agropecuária é fundamental: relação direta com a sustentabilidade ambiental e a segurança alimentar. AGROESP: em defesa do agro paulista.



Sem Assistente Agropecuário, a agricultura, a pecuária, a silvicultura e a aquicultura não seriam riquezas do estado de São Paulo. AGROESP: em defesa do agro paulista.



A assistência técnica e a extensão rural são serviços de importância fundamental no processo de desenvolvimento rural e da atividade agropecuária. Valorize o Assistente Agropecuário.

sábado, 11 de junho de 2022

CAMPANHA SALARIAL

“Somos 850 profissionais de nível universitário (engenheiros agrônomos, médicos veterinários e zootecnistas, entre outros (que integram a Associação dos Assistentes Agropecuários do estado de São Paulo (AGROESP). Levamos conhecimento científico, tecnológico e assistência técnica ao produtor rural paulista. É isso que fortalece a agricultura, a pecuária, a aquicultura e a silvicultura do estado mais rico do Brasil. Somos a AGROESP, em defesa da assistência agropecuária paulista.” #saopaulo #agro #agropecuaria #estadodesaopaulo #agroesp #assistenciaagropecuaria


O agronegócio alimentou o passado, sustenta o presente e garante o futuro do país. Valorize o Assistente Agropecuário.


O agro é tech e pop porque a Assistência Agropecuária é tudo. AGROESP: em defesa da agricultura e da pecuária paulistas.


Valorizar o agro é importante. Valorizar a Assistência Agropecuária é fundamental. AGROESP: em defesa da agricultura e da pecuária paulistas.





sexta-feira, 10 de junho de 2022

CAMPANHA SALARIAL

“Somos 850 profissionais de nível universitário (engenheiros agrônomos, médicos veterinários e zootecnistas, entre outros) que integram a Associação dos Assistentes Agropecuários do Estado de São Paulo (AGROESP). Levamos conhecimento científico, tecnológico e assistência técnica ao produtor rural paulista. É isso que fortalece a agricultura, a pecuária, a aquicultura e a silvicultura do estado mais rico do Brasil. Somos a AGROESP, em defesa da agropecuária paulista.” #saopaulo #agro #agropecuaria #estadodesaopaulo #agroesp #assistenciaagropecuaria



A extensão rural é importante para o avanço na produção no campo. Valorize o Assistente Agropecuário.


Temos terras, luz, calor e água. Falta apoio aos responsáveis por incentivar o empreendedorismo no campo. Valorize o Assistente Agropecuário.


Apaixonados por educação para o campo, incansáveis, ilimitados. Somos um time de talentos, prontos para realizar e mais prontos ainda para transformar. Valorize o Assistente Agropecuário.


Nota de Falecimento

Caros associados,

É com pesar que comunicamos o falecimento do Engenheiro Agrônomo Anthero da Costa Santiago, ex-Coordenador da CATI, ocorrido hoje, dia 10 de junho de 2022, em Campinas/SP.

O velório está marcado para amanhã, dia 11 de junho de 2022, das 9 às 12h, sábado no Cemitério Parque das Aléias, Sala A, Alameda dos Flamboyants, s/nº, Bairro das Palmeiras, Campinas/SP. Após o velório o corpo segue para Piracicaba/SP, onde será cremado.

Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos.

A Diretoria Executiva da AGROESP

quarta-feira, 8 de junho de 2022

Palestra: Precatórios e Requisições de Pequeno Valor

Essa palestra é importante para quem tem ações pecuniárias em andamento ou ganhas contra o Estado. Também serve para estimar o tempo que demoraria receber uma eventual ação ganha.



segunda-feira, 16 de maio de 2022

Licença Prêmio em pecúnia

Prezados associados:

Recebemos da Coordenadoria de Recursos Humanos da SAA/SP o e-mail, cuja cópia em pdf anexamos, em resposta a nossa consulta sobre a licença premio em pecúnia para os integrantes da carreira de assistente agropecuário.

Diante do teor da resposta, embora outras interpretações legais possam ser alvo de discussão, resta apenas àqueles que discordarem da mesma, a tentativa de obter o benefício através de ação judicial.

A AGROESP, considerando o interesse despertado por todos os associados da ativa e a necessidade de dispositivo legal que ampare tal pleito, já no segundo semestre desse ano, irá iniciar luta para que seja publicado decreto que inclua nossa carreira entre as beneficiadas por tal medida.

Atenciosamente,

VICTOR BRANCO DE ARAUJO AGROESP - Presidente


Clique aqui para acessar o e-mail

terça-feira, 26 de abril de 2022

Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom)

A Prevcom é uma entidade fechada, sem fins lucrativos e com autonomia administrativa, financeira, patrimonial e de gestão de recursos humanos. Ela administra o Regime de Previdência Complementar de servidores públicos de São Paulo e, desde 2017, tem autorização para gerir planos de outros estados e municípios da federação (Lei nº 16.391).

Hoje, atua em 5 estados da federação (São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia e Pará) e 15 municípios, inclusive a cidade de São Paulo. São oito planos em funcionamento. Com eles, o servidor pode contribuir mensalmente com um percentual do seu salário e contar com a contrapartida do Estado para a formação de sua reserva financeira. O objetivo fundamental é garantir um benefício seguro de aposentadoria aos seus participantes.

Podem se inscrever nos planos administrados pela Prevcom os servidores titulares de cargos efetivos ou vitalícios vinculados ao RPPS (SPPREV) e os deputados estaduais.

Importante: desde a publicação da Lei nº 17.293, de 15 de outubro de 2020, não estão permitidas novas inscrições dos demais servidores vinculados ao Regime Geral de Previdência Social (INSS).

As contribuições poderão ter seu percentual alterado por opção do próprio participante, na área restrita do site, sempre no mês de seu aniversário ou quando houver mudança no valor do salário ou do teto do INSS.

Para receber a aposentadoria complementar, os servidores titulares de cargos efetivos precisam estar em gozo de aposentadoria concedida pelo Regime Próprio (SPPREV) e ter, no mínimo, 60 contribuições mensais à Prevcom.

Benefícios de risco

São benefícios pagos pela Prevcom pela ocorrência de morte ou invalidez do participante. O objetivo dos benefícios de risco é garantir tranquilidade ao servidor/empregado, em caso de invalidez total e permanente, por meio do pagamento de aposentadoria por invalidez ou proporcionar segurança para a família do participante por meio de pagamento de pensão por morte ou pecúlio por morte no caso da sua ausência prematura.

No caso de ocorrência de invalidez ou morte, a Mongeral Aegon (Companhia seguradora escolhida após vencer concorrência com outras quatro empresas e oferecer os benefícios de risco com melhor relação de custo/benefício para o participante da Prevcom), fará o pagamento para a Prevcom, em uma única parcela, do valor contratado pelo participante. A Prevcom, por sua vez, fará o depósito desse valor na conta individual do participante para que haja o pagamento, em forma de renda mensal, da aposentadoria por invalidez ou da pensão por morte. Já o pecúlio por morte é pago em uma única parcela.

Declarar as contribuições à Prevcom no Imposto de Renda

As contribuições à Prevcom devem ser informadas na Declaração de Ajuste Anual (DAA), em ‘Pagamentos Efetuados’ , sob o código 37 – Contribuições para as entidades de previdência complementar fechadas de natureza pública.

Abaixo segue alguns exemplos que podem auxiliar no entendimento do seu cenário previdenciário:

*Pensão por Invalidez* será concedido 60% do valor da aposentadoria integral vinculado ao regime de contratação (Integralidade, Proporcionalidade e o Teto do INSS)

Obs: se a invalidez ocorreu durante o trabalho ou doença derivada do trabalho, valor da aposentadoria será correspondente ao regime que está vinculado.

*Pensão por Morte* concedida a dependente do servidor (esposa(o), companheiro(a), filhos até 21 anos e filhos inválido ou que tenha deficiência intelectual ou mental ou deficiência grave), será equivalente a uma cota familiar de 50% (cinquenta por cento) do valor da aposentadoria recebida pelo servidor ou daquela a que teria direitos e fosse aposentado por incapacidade permanente na data do óbito, acrescida de cotas de 10 (dez) pontos percentuais por dependente, até o máximo de 100% (cem por cento).

  


Para maiores informações acesse: https://www.prevcom.com.br/

Entre em contato: 19 99992-0352 (Lucas Storino)
lstorino@mag.com.br

terça-feira, 12 de abril de 2022

PRIMEIRA SEMESTRALIDADE 2022 DA AGROESP

Prezado associado:


Como é de seu conhecimento, em 19/03/2021 foi aprovado, em assembleia de nossa associação, a adoção do desconto em folha das nossas contribuições associativas. Embora oficialmente efetuado o credenciamento, as eleições na AGROESP ocorridas em 2021 com a consequente troca da diretoria executiva, colaboraram para uma maior morosidade no processo.

Assim, a diretoria da AGROESP comunica a todos os seus associados que, no próximo mês de maio (na data do pagamento), iremos cobrar a primeira semestralidade de 2022. Desse modo será provisionado o débito em conta, o envio de boletos, bem como a cobrança de pix e depósitos diretos, conforme a opção adotada anteriormente por cada associado. Aqueles associados que são cadastrados para o débito no Banco do Brasil devem ficar atentos para o provisionamento do mesmo, que será efetuado nos próximos dias. Alguns desses associados receberão mensagens particulares de nossa secretaria para que autorizem o débito em seus aplicativos. Caso o associado deseje alterar a forma de pagamento da contribuição deve entrar em contato com nossa secretaria, impreterivelmente, até o dia 20/04/2022.

Aproveitamos o ensejo para informar que pretendemos iniciar o procedimento de desconto em folha a partir do mês de julho, início do segundo semestre.

Precisamos da colaboração de todos os associados para que realizem com pontualidade a sua contribuição semestral, assim evitando a inadimplência de nossa associação.

Caso haja qualquer dúvida, entrar em contato conosco por e-mail, telefone ou whatsapp.



Campinas, 12 de abril de 2022



ENGº AGRº VICTOR BRANCO DE ARAUJO

AGROESP - PRESIDENTE

sexta-feira, 1 de abril de 2022

Nota de Falecimento

É com pesar que a AGROESP recebeu nessa tarde a notícia do falecimento do associado Paulo Henrique Interliche. A AGROESP transmite a todos os familiares, colegas e amigos os mais sinceros sentimentos e votos de conforto. 


Velório

À partir 15:30 hrs

Funerária São José - Av. Altino Arantes 641 
Ourinhos

Sepultamento


Cemitério de Chavantes - 9 hrs
Cortejo sairá às 8h

Promoção por Merecimento – Exercício de 2021

 


Clique AQUI para acessar a publicação no Diário Oficial do estado de SP


ATENÇÃO: O servidor poderá recorrer à Presidente da Comissão Responsável pela Promoção, dos pontos atribuídos à prova e aos títulos, no prazo de 5 dias úteis, a contar da data desta publicação 01.04.2022, exclusivamente através do e-mail: promocao@agricultura.sp.gov.br


sexta-feira, 11 de março de 2022

Secretaria de Agricultura de SP convoca candidatos de último concurso para preenchimento de 213 vagas de trabalho

Em publicação de 10 de março de 2022 no Diário Oficial do Estado de São Paulo, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo convoca candidatos remanescentes em concurso público realizado em 2017 para escolha de 213 vagas. Os candidatos atuarão em cargos destinados a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) e Institutos de pesquisa da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Confira a lista dos candidatos convocados.

https://www.cdrs.sp.gov.br/portal/themes/unify/arquivos/imprensa/cati-na-imprensa/PDF_ConvocadosConcurso2022.pdf

“Essa é uma vitória importante da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Agradeço ao Governador João Doria e ao Vice-Governador Rodrigo Garcia que foram sensíveis com essa nossa demanda da Secretaria e também de várias entidades do agro. Poderemos recompor o quadro de servidores da Secretaria de Agricultura, que atuarão em áreas estratégicas para o agronegócio paulista”, comemora Itamar Borges, Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Ao todo, estão sendo convocados 152 assistentes agropecuários (sendo 72 médicos-veterinários e 80 engenheiros agrônomos), 26 agentes de apoio agropecuário, 14 técnicos de apoio à pesquisa científica e tecnológica, 08 assistentes técnicos de apoio à pesquisa científica e tecnológica, 05 técnicos de apoio agropecuário, 04 auxiliares de apoio agropecuário, 03 oficiais de apoio à pesquisa científica e tecnológica e 01 oficial de apoio agropecuário.

Os candidatos convocados deverão comparecer nas datas indicadas no edital, munidos dos documentos necessários. Para a etapa de escolha de vaga foi convocado número maior de candidatos do que de cargos existentes, a fim de assegurar o provimento de todos os cargos no decorrer da sessão, nas hipóteses de não comparecimento/desistência de candidatos.

Para mais informações acesse o Diário Oficial de 10 de março de 2022, na parte de editais da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo: http://www.imprensaoficial.com.br/#

 

Comunicação/SAA
(11) 5067.0069
imprensa@agricultura.sp.gov.br
www.agricultura.sp.gov.br

segunda-feira, 7 de março de 2022

ATENÇÃO: realize o Censo Previdenciário 2022

Ao longo de 2022, todos os beneficiários da São Paulo Previdência deverão realizar o Censo Previdenciário 2022, conforme Portaria SPPREV nº 236, de 16 de novembro de 2021. O procedimento é obrigatório, sob pena de suspensão do benefício, e ocorre em duas etapas distintas.


Primeira etapa

A primeira etapa é a Atualização Cadastral Online. Nessa fase, os inativos e pensionistas atualizarão seus dados junto à SPPREV, o que poderá ser feito de dois modos: pelo site da SPPREV, canal Serviços Online aos Beneficiários, ou pelo aplicativo da autarquia para smartphones (observação: deve-se verificar se o aplicativo está devidamente atualizado para a última versão disponível). Em ambos os casos, é necessário acessar com login e senha. Para reiniciar a senha, o beneficiário pode clicar na opção “Esqueci a senha” ou entrar em contato com o Teleatendimento (0800 777 7738 - para ligações gratuitas de telefones fixos, e (11) 2810-7050 - para ligações tarifadas de celulares). Após concluir a Atualização Cadastral, o sistema emitirá um comprovante, que poderá ser salvo e impresso pelo beneficiário.

Segunda etapa

Após atualizar os dados, a segunda etapa é o recadastramento (prova de vida), que já é realizado anualmente por todos os beneficiários. O procedimento deve ser realizado no mês de aniversário do inativo ou pensionista, exceto no caso de pensionistas universitários, que devem se recadastrar semestralmente, nos meses de janeiro e julho.

Para se recadastrar, os beneficiários podem se dirigir a qualquer agência do Banco do Brasil ou unidade da SPPREV (mediante agendamento prévio). Deve ser apresentado documento oficial de identificação com foto (exemplo: RG, RNE, Carteira Nacional de Habilitação - CNH, Carteira de Trabalho - CTPS, passaporte, entre outros). A SPPREV somente aceitará documentos que permitam a identificação visual do beneficiário. 

Será considerado recenseado no ano de 2022 o beneficiário que realizar as duas etapas do Censo Previdenciário. O beneficiário que realizar apenas uma das etapas, independentemente de qual seja, também estará sujeito à suspensão do benefício.

Ressaltamos que o Censo Previdenciário deve ser realizado apenas pelos aposentados que recebem pela SPPREV. Aposentados das universidades, da Assembleia Legislativa, do Ministério Público, do Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas não precisam realizar o procedimento.

sexta-feira, 4 de março de 2022

COMUNICADO NOVA AÇÃO JUDICIAL IAMSPE - ASSOCIADOS DA ATIVA

 Prezado associado:


Um escritório de advocacia poderá ser contratado pela AGROESP para uma "NOVA AÇÃO COLETIVA" para cancelar o desconto do IAMSPE daqueles associados que assim o desejarem. Essa ação não se aplica aos aposentados e pensionistas, que podem fazer isso mediante simples requerimento endereçado à essa autarquia.

É muito importante deixar claro que em qualquer caso, uma vez desligado do IAMSPE, não há nenhuma possibilidade de retornar.

Essa proposta de nova ação terá um custo estimado de R$ 900,00 para cada associado, num grupo de cerca de vinte associados, podendo esse valor ser parcelado no boleto em três vezes. Caso haja maior número de adesões, poderemos ter redução nesse custo, o que será oportunamente informado. Também a AGROESP poderá, conforme o número de adesões, bancar parte desse custo.

Preliminarmente, basta o associado manifestar interesse, enviando e-mail (conta particular e não corporativa) à AGROESP com o título DESLIGAMENTO DO IAMSPE, e contendo em seu corpo a sua manifestação de interesse, com nome completo, cpf, rg, endereço e telefone de contato, que esse será incluído no rol dos demandantes. Apenas após o trânsito em julgado da ação é que as demais informações, requerimentos e documentos serão solicitados aos sócios.

Ressaltamos que é de suma importância a adesão inicial pois, durante e após o final da ação, não poderão ser incluídos novos interessados e, assim esses terão de arcar com as custas de uma ação individual.

Sendo assim fixamos o prazo final de envio de e-mails à AGROESP (agroesp2014@gmail.com) em 31/03/2022, impreterivelmente, findo esse prazo o servidor terá de recorrer a ação individual.


Campinas, 4 de março de 2022

SECRETARIA DA AGROESP

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

Comunicado Concurso

Prezados: 

Recebi hoje, de fonte graduada da SAA/SP, uma informação otimista quanto a chamada dos concursados remanescentes do último concurso para assistentes agropecuários da SAA/SP. As vagas destinam-se a preencher os claros decorrentes de aposentadorias, exonerações e falecimentos de servidores que se verificaram nos últimos três anos. O aumento da demanda por serviços ambientais também colabora para a contratação de profissionais para o quadro. Ao todo serão 188 vagas, sendo 8 para a CODEAGRO, 108 para a CDA e 72 para a CATI. Ao que se sabe, na CDA a maioria das vagas é para médico veterinário e na CATI a maioria é para agrônomo. 

A AGROESP, através de suas mídias, manterá atualizadas todas as informações que estiverem disponíveis referentes ao concurso e disponibiliza sua secretaria para a busca de maiores informações a respeito. 

De antemão, damos boas vindas aos nossos futuros associados. 

Campinas, 17/02/2022 

VICTOR BRANCO DE ARAUJO 
AGROESP - Presidente

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Cuidado GOLPE

Atenção para não cair em golpes! Relatos sobre golpes infelizmente não param de surgir.

As formas de abordagem dos golpistas são variadas e cada vez mais inovadoras. Abordam a vítima por WhatsApp, e-mail, telefone e/ou por correspondência. Por vezes, dizem que são advogados ou outro funcionário de escritórios de advocacia muitas vezes o mesmo em que a pessoa contratou para um eventual processo. 

Fique atento:

(i) O próprio Tribunal de Justiça de São Paulo – TJSP alertou a população que a entidade “não expede ofícios solicitando contato telefônico referente a qualquer depósito de resgate de valores”.

(ii) Não existe um Cartório de Precatórios da Comarca de São Paulo. Quem gere os pagamentos dos precatórios do Estado é o Tribunal de Justiça, por meio do seu Departamento de Execução de Precatórios (DEPRE).

(iii) NUNCA deposite antecipadamente qualquer valor. Normalmente, os criminosos seduzem o credor dizendo que o seu precatório, OPV ou outro valor está liberado e que, para receber, é necessário depositar antecipadamente determinado valor. Trata-se de GOLPE. O credor NÃO precisa depositar valor algum para receber o seu precatório ou OPV.

A primeira dica para evitar cair em um golpe está em sempre desconfiar desses contatos que solicitam qualquer quantia. Caso receba um contato suspeito entre em contato com o seu advogado ligando para um número de telefone reconhecidamente idôneo, diferente daquele pelo qual fora abordado, ou pessoalmente.

Outra medida importante de prevenção é o cuidado na exposição de dados pessoais (como número de celular, endereço ou número do RG/CPF) na internet.

Constatando que a oferta não é verdadeira, é importante denunciar a tentativa de golpe à polícia civil. Quanto mais pessoas reportarem esses crimes às autoridades, mais informações poderão ser utilizadas durante as investigações.

Abaixo um exemplo de mensagem de GOLPE enviada para um de nossos ASSOCIADOS.


TENHAM CUIDADO 

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Comunicado de Falecimento

É com pesar que a AGROESP recebeu nessa manhã a notícia do falecimento do associado Antonio Eduardo Sodrzeiesk (Mamute). Mamute, como o conhecíamos, teve grande atuação como extensionista rural da CATI na regional de Registro, sempre com grande entusiasmo. A AGROESP transmite a todos os familiares, colegas e amigos os mais sinceros sentimentos e votos de conforto. Seu corpo será velado no Salão Paroquial no Centro de Iporanga, a partir das 19h (11/02/2022) e o enterro será amanhã às 16h.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Governo do Estado anuncia reajuste para 541,1 mil funcionários da ativa e inativos

O Governador João Doria anunciou, nesta quinta-feira (10), reajuste salarial para 541,1 mil servidores da ativa e inativos do Governo de SP, a partir do mês de março. Os funcionários das áreas da Saúde e da Segurança vão receber 20% e todos os demais terão 10% de reajuste nos vencimentos. A valorização das carreiras foi possível graças a uma série de medidas fiscais e de enxugamento da máquina pública, além da atração de novos investimentos, adotada no início desta gestão.

“Todos sabem que graças à reformas administrativa, fiscal e previdenciária, São Paulo fez a sua lição de casa com ajuda e apoio da Assembleia Legislativa do Estado. Isso permitiu que a conduta e o equilíbrio fiscal do Estado fossem garantidos”, disse Doria. “E agora com o equilíbrio de um Governo sério e transparente, nós podemos fazer aquilo que já desejávamos ter feito há mais tempo, que é o reconhecimento do funcionalismo público do Estado de SP. Temos 541.133 servidores no Estado. A todos o nosso agradecimento e reconhecimento”, destacou.

A reforma estadual da Previdência, o ajuste fiscal e o fechamento de estatais permitiu o Governo de São Paulo ampliar a sua capacidade de investimento, com R$ 52,8 bilhões em 2021 e 2022, a ampliação de programas sociais, com R$ 1,8 bi em 2022 para o Bolsa do Povo, e o reajuste salarial para servidores públicos.

Entre 2019 e 2022, o Governo de SP concedeu reajuste de 26% para policiais militares e civis, 20% para profissionais da saúde e 10% para as demais categorias, enquanto esses percentuais foram, de 2015 a 2018, de 4% para PMs, de 7,7% para policiais civis e de 3,5% para profissionais da saúde e demais categorias.

Na área da Segurança, são mais de 276 mil pessoas beneficiadas com o reajuste, incluindo os funcionários das secretarias de Segurança Pública e de Administração Penitenciária. Já na área da Saúde, são 69 mil médicos e profissionais de outras carreiras. Os demais servidores somam 195 mil pessoas.

“É um esforço gigantesco do Governo de SP para atender 541.113 servidores do Estado de SP. Fizemos tudo o que foi possível para termos o orgulho de fazermos este anúncio e oferecer a mais de meio milhão de pessoas o reconhecimento ao trabalho que executam e à importância daquilo que promovem para o atendimento ao bem comum”, pontuou o Governador.

Fonte: Portal do governo de SP


quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

COPLACAMPO 2022



Descrição do evento

AS MELHORES OPORTUNIDADES DO AGRO
Bem-vindo ao maior evento realizado pela COPLACANA e exclusivamente focado nos Cooperados e produtores rurais. Você está preparado para conhecer o que existe de mais novo em serviços, produtos e tecnologias?
COPLACAMPO reúne as melhores empresas do agronegócio e apresenta aos produtores rurais as maiores novidades em serviços, produtos e tecnologias. A edição 2022 chega ainda maior, com mais empresas, mais inovação e mais oportunidades de bons negócios.

Local

Coplacana

Rodovia do Açúcar SP308 , KM 157, Taquaral

Piracicaba, SP

Venda de imgresso: https://www.sympla.com.br/evento/coplacampo-2022/1423312

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

COMUNICADO AGROESP - REUNIÃO ITAMAR BORGES 19 DE JANEIRO 2022

A pedido da AGROESP, fomos recebidos na data de ontem no gabinete da SAA, às 12:30 horas, para uma reunião com o Secretário Itamar Borges, que contou com a presença da diretoria da AGROESP, do
SINDEFESA, de vários membros do gabinete e dos coordenadores da CATI e CDA e também do Deputado Barros Munhoz.

Antes do início da conversa foi entregue o ofício, que publicamos anexo, o qual resumia a pauta de nossa conversa naquela reunião. Em seguida me foi dada a palavra onde apresentei nossos pleitos e insatisfações, no qual fui completado pelo Sergio Diehl e Maiorano. O colega Francisco do SINDEFESA ratificou nossas palavras, dando ênfase na grave situação salarial em que nos encontramos, estendendo aos integrantes da carreira de apoio tal fato. A seguir o Deputado Munhoz tomou a palavra e pediu repetidamente que o decreto fosse revogado integralmente, pois era totalmente inoportuno e impróprio frente aos atuais proventos dos servidores da SAA. Ainda o deputado acrescentou que, nesse governo, nossos pleitos de equalização e de aumento do prolabore não seriam atendidos, pois dependiam de projeto de lei do governo para sua efetivação e isso não iria ocorrer, no que foi prontamente ratificado pelo Secretário Itamar.

Cumpre informar que o Secretário se comprometeu a encaminhar esses pleitos, mesmo sabendo de antemão da quase impossibilidade de sucesso.

O Secretário Itamar tomou a palavra e disse que a chamada de concursados é sua prioridade e que, nessa semana, enviou o pedido ao responsável pela liberação e irá monitorar sua tramitação. Quanto ao decreto de reestruturação, os problemas por nós levantados foram minimizados, razão pela qual chegamos à conclusão que, dificilmente, alguma mudança significativa será efetuada.

Considerando que, de nossa pauta inicial, a única possibilidade que restou foi a chamada dos concursados antes de vencer o prazo, pedi a palavra e solicitei duas coisas que não constavam do ofício mas que eram do interesse de muitos colegas: A extensão do vale refeição recebido por São Paulo e Campinas aos demais servidores da SAA e o edital de remoção permitindo a mudança de sede de serviço antes de chamar os concursados. No primeiro pedido recebemos a negativa, justificada que geraria problemas pois todos os servidores do governo iriam pleitear. O segundo pleito foi atendido e será feito o edital permitindo que os colegas que desejam mudar de sede para locais onde haverão vagas no concurso, possam fazê-lo.

Finalizando, gostaria de complementar que estivemos nesse dia no DRHU e recebemos informação que os processos de promoção estão em andamento, na fase final de análise dos títulos e, pelo que ouvimos, de certa forma a passos lentos devido ao esforço concentrado em regularizar os procedimentos frente ao recente decreto de reestruturação e seus prazos. Ainda referente a isso, recebemos o compromisso que, no próximo mês, iríamos ter uma informação mais precisa sobre os prazos para conclusão. Também recebemos a informação que os adicionais de insalubridade estão tendo atenção redobrada por parte daquele órgão, com o objetivo único de evitar perdas aos servidores. Por fim, para aqueles associados que estão na ação coletiva de saída do IAMSPE e ainda estão sendo descontados, foi nos sugerido que esses enviassem e-mail para cadastro@iamspe.sp.gov.br informando o fato que saiu do IAMSPE devido a ação que obtivemos liminar em 12 de maio de 2021 e ainda está sendo descontado, juntando cópia do holerite ao e-mail.

Qualquer dúvida pedimos que nos contatem diretamente no whatsapp 19 99790 3262 ou no e-mail da AGROESP.

Campinas, 20 de janeiro de 2022

Eng.º Agr.º VICTOR BRANCO DE ARAUJO

AGROESP - PRESIDENTE

ANEXOS



sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

ATENÇÃO: realize o Censo Previdenciário 2022

Ao longo de 2022, todos os beneficiários da São Paulo Previdência deverão realizar o Censo Previdenciário 2022, conforme Portaria SPPREV nº 236, de 16 de novembro de 2021. O procedimento é obrigatório, sob pena de suspensão do benefício, e ocorre em duas etapas distintas.

Primeira etapa

A primeira etapa é a Atualização Cadastral Online. Nessa fase, os inativos e pensionistas atualizarão seus dados junto à SPPREV, o que poderá ser feito de dois modos: pelo site da SPPREV, canal Serviços Online aos Beneficiários, ou pelo aplicativo da autarquia para smartphones (observação: deve-se verificar se o aplicativo está devidamente atualizado para a última versão disponível). Em ambos os casos, é necessário acessar com login e senha. Para reiniciar a senha, o beneficiário pode clicar na opção “Esqueci a senha” ou entrar em contato com o Teleatendimento (0800 777 7738 - para ligações gratuitas de telefones fixos, e (11) 2810-7050 - para ligações tarifadas de celulares). Após concluir a Atualização Cadastral, o sistema emitirá um comprovante, que poderá ser salvo e impresso pelo beneficiário.

Segunda etapa

Após atualizar os dados, a segunda etapa é o recadastramento (prova de vida), que já é realizado anualmente por todos os beneficiários. O procedimento deve ser realizado no mês de aniversário do inativo ou pensionista, exceto no caso de pensionistas universitários, que devem se recadastrar semestralmente, nos meses de janeiro e julho.

Para se recadastrar, os beneficiários podem se dirigir a qualquer agência do Banco do Brasil ou unidade da SPPREV (mediante agendamento prévio). Deve ser apresentado documento oficial de identificação com foto (exemplo: RG, RNE, Carteira Nacional de Habilitação - CNH, Carteira de Trabalho - CTPS, passaporte, entre outros). A SPPREV somente aceitará documentos que permitam a identificação visual do beneficiário. 

Será considerado recenseado no ano de 2022 o beneficiário que realizar as duas etapas do Censo Previdenciário. O beneficiário que realizar apenas uma das etapas, independentemente de qual seja, também estará sujeito à suspensão do benefício.

Ressaltamos que o Censo Previdenciário deve ser realizado apenas pelos aposentados que recebem pela SPPREV. Aposentados das universidades, da Assembleia Legislativa, do Ministério Público, do Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas não precisam realizar o procedimento.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

A AGROESP E O DECRETO DE REESTRUTURAÇÃO DA SAA

    Prezado associado:

Em primeiro lugar quero lhe desejar um 2022 com muita paz, saúde e realizações.

Com muito orgulho estou assumindo a presidência da AGROESP para o biênio 2022/23 e espero, novamente, poder contar com a colaboração de todos no envio de sugestões e críticas, nas mobilizações, reuniões e demais atividades associativas.

Como deve ser de seu conhecimento, todos nós fomos surpreendidos pela publicação, em 31/12/2021, do decreto nº 66.417, de 30/12/2021, que Reorganiza a Secretaria de Agricultura e Abastecimento e dá providências correlatas, isto é o decreto da reestruturação da SAA/SP.

Essa reestruturação, motivo de discórdia desde a desastrada gestão do secretário anterior, foi mantida em banho-maria, sofreu pequenas modificações que, a nosso ver, mantiveram o escopo anterior; e tramitou na surdina dos altos gabinetes. Os escalões inferiores nunca tiveram acesso ao seu conteúdo integral e, muito menos a AGROESP, teve vistas à mesma. Desse modo consideramos que foi consolidada a nociva reestruturação proposta pelo secretário Gustavo Junqueira.

Consideramos que a assessoria de comunicação do gabinete da SAA/SP vem se utilizando de forma imprópria do termo "anuência da AGROESP" nos seus comunicados sobre o decreto supra citado, uma vez que nunca demos anuência qualquer a essa proposta.

Com a posse do atual secretário, em maio de 2021, no documento entregue: "AGENDA PROATIVA DE AÇÕES PARA EXTENSÃO A CURTO PRAZO", informamos que não éramos contra a reestruturação, porém que desejávamos conhecer melhor o projeto e tínhamos contribuições a dar para melhorar o serviço prestado ao público pelos assistentes agropecuários.

Em 01/10/2021, em Ribeirão Preto, entregamos em mãos ao secretário o ofício conjunto AGROESP/APQC/SINDEFESA, onde explicitamente solicitávamos audiência para tratar do assunto reestruturação, encontro que até hoje não ocorreu.

Em 19/11/2021, em Leme, tivemos uma conversa com o Secretário Itamar, onde colocamos verbalmente todos os nossos pontos de estrangulamento e necessidades e esse pediu que formalizássemos essa pauta para que fosse tratada em audiência com ele.

Em 14/12/2021, a AGROESP encaminhou ao Secretário da SAA/SP o ofício nº 17/2021, cujo inteiro teor segue anexo, onde pedimos que a proposta de reestruturação fosse abandonada, expondo nossos motivos. Também foi enviado ofício nº 18/2021, com igual teor, ao Vice-governador Rodrigo Garcia.

Em 16/12/2021 foi protocolado no gabinete da SAA/SP o ofício nº 20/2021 (anexo) onde é solicitada a revogação do decreto n.º 64.089, de 23 de janeiro de 2019, dispositivo legal responsável pela centralização orçamentária da SAA/SP.

Foi agendada audiência com o secretário Itamar Borges para o dia 23/12/2021 e cancelada na véspera e não remarcada até os dias de hoje.

Finalizando, a AGROESP tem ciência que esse decreto afeta particularmente seus associados da CATI e da CDA, com efeitos prejudiciais em sua maioria. Também reitera que a luta da entidade sempre foi com os objetivos da valorização das atividades fim e da descentralização orçamentária/financeira.

A nossa luta continua pela revisão de pontos discordantes do decreto e, principalmente pela realização de concursos e pela equalização salarial.

Campinas, 5 de janeiro de 2022


ENGº AGRº VICTOR BRANCO DE ARAUJO
AGROESP - Presidente