terça-feira, 1 de agosto de 2017

MOBILIZAÇÃO PERMANENTE IX

Prezado associado:

Na última quarta feira, a pedido do Secretário Adjunto Dr. Rubens Rizek, fomos recebidos, eu e o Sérgio Diehl, no gabinete da SAA, onde nos reunimos juntamente com o Dr. Sérgio Murilo, assessor especial do Dr. Jardim.

Na ocasião fomos diretos e objetivos com relação ao nosso pleito de equalização salarial e demonstramos a total insatisfação da categoria pela inexistência de retorno ou qualquer sinalização positiva por parte do governo. Afirmamos categoricamente que a AGROESP doravante não irá buscar o apoio dos associados a futuras ações governamentais na área ambiental, como vem sendo cogitada a validação do CAR e o PRA. É preciso que seja retomado o diálogo com o chamado "núcleo duro" do governo imediatamente. Para tanto solicitamos na reunião, que o Secretário Dr. Jardim tome uma posição mais forte e incisiva a favor de nosso pleito frente ao governador, colocando claramente a importância desse atendimento para sua pasta. Informamos ainda que, a pedido dos associados, o próximo passo seria a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária da AGROESP com a finalidade de se obter um novo posicionamento da categoria frente a toda essa situação de impasse nas negociações.
Em seguida colocamos nossas preocupações com a revisão do adicional de insalubridade dos servidores da SAA e as consequências atuais dessa medida como o aumento dos pedidos de aposentadoria, decorrente do fato que os servidores que estão recebendo o abono permanência estão temerosos em perder o adicional, diminuindo seus proventos de aposentadoria. Fomos informados que as revisões serão efetuadas apenas com base no rol de atividades que será ratificado pelo superior imediato do servidor e que não haverá perícias nas revisões.

Finalizando, ao perguntarmos sobre a demora no início do certame de promoção da categoria dos assistentes agropecuários, fomos informados que ele ocorrerá normalmente nesse ano e que, a demora no início dos trabalhos se deve ao processo de informatização dos procedimentos que vem sendo implementado. Segundo o gabinete, com essa medida o certame ocorrerá de forma mais célere e com a participação efetiva dos interessados. Em breve será publicada em Diário Oficial a relação dos nomes responsáveis pela Comissão de Promoção.

Campinas, 1 de agosto de 2017

CONTINUEMOS NA LUTA MEUS COLEGAS!

VICTOR BRANCO DE ARAUJO
AGROESP - PRESIDENTE



7 comentários:

  1. Boa atuação! Isso mesmo. O governador não pode desprezar uma categoria tão importante quanto a nossa, que está há 5 anos sem nenhum aumento real de salário e que já fez INÚMEROS encontros com as autoridades responsáveis pela equiparação salarial. Todos sabem da necessidade jurídica dessa equiparação e se não deram é porque não querem ganhar votos nas próximas eleições estaduais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente...toda negociação tem sempre cunho politico não é verdade?

      Excluir
  2. Parabéns Agroesp, está na hora de enquadrarmos este secretário politiqueiro, mostrador de dentes e tapinhas nas costas......aqui na zona de frente estão tods com ele até o pescoço......

    ResponderExcluir
  3. Até o momento negociamos de forma muito respeitosa e acredito que devemos continuar assim mas isso não significa que devemos ficar negociando indefinidamente. Fizemos tudo o que foi proposto pelo Sr. Secretário e esperamos que ocorra o atendimento ao nosso pleito, nós precisamos ser reconhecidos e a forma correta é a equalização salarial e o nosso Secretário será também reconhecido por meio do voto. Se a equalização não vier prejuízo para todos mas o fato é que agora temos que colocar prazo pois o tempo está se esgotando, ano que vem é eleitoral então a coisa tem que acontecer já. Apoio a realização de uma Assembléia Geral com urgência, nossa vitória dependerá do grau de nossa união, nessa hora é união de todos, do Coordenador até o colega que faz o cafezinho, vamos que vamos!!

    ResponderExcluir
  4. Fazer superavit nas contas públicas a custa do Funcionário Público é muito fácil.Não é governador?
    Bater no peito e falar que as contas estão no azul é "muita cara de pau".
    Walde mar Ferreira Jr.AAVI

    ResponderExcluir
  5. A elaboração do PRA acho que esta dentro do rol de trabalho da nossa categoria, mas analisar e validar o CAR, acho que isso é alçada dos Analistas da Secretaria do Meio Ambiente.

    ResponderExcluir
  6. Após ter realizado a leitura do comunicado MOBILIZAÇÃO PERMANENTE IX pude constatar que apesar de todos os esforços da AGROESP e da manifestação de centenas de colegas alguns anônimos e outros não e ainda apesar da nossa mobilização salarial permanente as coisas ainda não avançaram.

    Outro ano inteirinho de privações se vai, e outro Papai Noel falido que se aproxima de nossas famílias, mais servidores públicos endividados contraem empréstimos nos Bancos e Empresas Creditícias, e o Governo do Estado de São Paulo.............????????????

    ResponderExcluir